Gideões recebe ajuda da SENAMI

  

 
Os desafios da obra missionária são enormes e se tornam maiores ainda em época de crise. Como esta agora gerada pela pandemia.
 
O GMUH, Gideões Missionários da Última Hora em Camboriú vivem esta realidade. São milhares de famílias em várias partes do mundo que desenvolvem um trabalho evangelístico e de ação social. Embora a preocupação para manter estas famílias seja constante, Deus tem abençoado de diversas formas. 
 
Esta semana a instituição recebeu mais uma ajuda. A SENAMI, Secretaria Nacional de Missões, órgão da Convenção Geral da AD no Brasil, fez a entrega de dois cheques no valor de cinco mil reias cada para o GMUH. 
O ato, além de fazer parte de uma parceria entre as instituições é também o reconhecimento da SENAMI ao grande trabalho desenvolvido pelos Gideões. A doação visa abençoar especificamente os projetos missionários na Africa e no Haiti.
  
O Pastor Saulo Gregório, Secretário Executivo da SENAMI, explica que a parceria iniciou no ano passado. “Foi quando da presença do nosso presidente nacional, Pastor José Wellington Júnior na Convenção da UMADENE. Na oportunidade ele fez questão de destacar em plenário a consideração e o reconhecimento a obra missionária que é desenvolvida pelo GMUH e o seu desejo de ajudar. A partir daí começou um trabalho conjunto com a SENAMI que culminou neste momento. Estamos muito felizes em poder colaborar.” Finalizou.  
 
A entrega da doação foi feita ao Presidente do GMUH, Pastor Zilmar Miguel, ao lado do Pastor Hueslen Ricardo Santos, Vice-Presidente e do Pastor Raimundo Nonato 1º Tesoureiro. 
“Somos gratos a SENAMI pelo apoio, parceria e contribuição ao nosso trabalho missionário que é realizado em 44 nações. Que o Senhor continue os abençoando grandemente.” Agradeceu o Pastor Zilmar. 
 
Fonte: SENAMI/CIADESCP