CGADB oficializa apoio ao projeto “Brasil Acolhedor” de Michelle Bolsonaro

 
Em reunião realizada na manhã desta quarta (29), foi oficializada em Brasília (DF), o apoio da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), ao projeto Brasil Acolhedor, liderado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, que visa unir esforços para ajudar as pessoas em situações vulneráveis socialmente, que estão sofrendo com as consequências da pandemia do coronavírus.
 
 
O pastor José Wellington Costa Junior, presidente da CGADB participou da reunião por vídeo conferência; também por vídeo conferência participaram o pastor e deputado federal, Paulo Freire Costa, presidente do conselho de Doutrina da CGADB  e o pastor Alexandre Junior, secretário-adjunto. No palácio do planalto participando presencialmente representando a Convenção Geral, estiveram os pastores Ronaldo Fonseca, presidente da AD em Taguatinga (DF); Orcival Pereira Xavier, presidente da Convenção das ADs em Brasilia e Goiás (COMADEBG) e vice-presidente do Conselho Administrativo da CPAD e o pastor Rinaldo Alves, presidente da Convenção das ADs do Planalto Central (COMADEPLAN) e membro do conselho fiscal da CGADB.
 
 
O projeto Brasil Acolhedor é fruto da união entre Governo Federal e a sociedade civil e tem o intuito de promover ações de apoio à população por meio do fortalecimento de instituições sem fins lucrativos que atuem com trabalho voluntário na sociedade.
 
 
Os próximos passos da ação em parceria com as Assembleias de Deus no Brasil serão através do conselho de ação social da CGADB, presidido pelo pastor Alexandre Florêncio com o apoio de outros órgãos e conselhos da Convenção. “Estou muito grata por contar com o apoio dos nossos pastores e irmãos nesse esforço. Que Deus abençoe a todos”. Afirmou Michelle Bolsonaro.
 
 
A ação é uma iniciativa do Governo Federal via Ministério da Cidadania e Ministério da Mulher, da família e dos Direitos Humanos, liderado pela ministra Damares Alves, que fez questão de mostrar a Primeira-Dama o trabalho espiritual e social que é realizado pela CGADB ao longo de seus 90 anos,
 
como principal representante das Assembleias de Deus no Brasil, destacando que a CGADB reúne hoje em seu quadro de filiados mais de 105 mil Pastores no Brasil e outros milhares nos campos missionários no exterior.
 
 
Por Tiago Bertulino com informações e fotos do Projeto Brasil Acolhedor